Paixão… Laços eternos… Uma atração irresistível. A sensação de mergulhar dentro dos olhos do outro…

Coragem de chutar o balde. O quebra-cabeças se encaixa e as respostas aparecem do nada. Como se esperasse a vida toda por esta conexão!

Olhos nos olhos: encontro de almas gêmeas. Como explicar a magia da corrente que acontece naquele breve eternidade? Faísca de desejo, amor sem fim, outra realidade. Troca de energia. A comunicação muda, mas tão cheia de significados…

A intuição pede… Quer curtir os momentos. Deixar de renunciar! Aconchego. Abrir o coração… Os olhos choram de felicidade. Uma luz maravilhosa invade todo o ser. Sintonia. Transmissão de pensamentos. Sincronicidade…

A transparência do olhar revela as emoções tão escondidas. Projetos de vida, realizações, concretização de objetivos. É o máximo que se almeja? Onde está a criatividade, a alegria, os sonhos? O sussurro do vento. Dimensões paralelas…

Cada dia tem o seu segredo… Os olhos não mentem. São as janelas da alma. A paixão recolhida, o amor incondicional, o medo da atração, a vontade de viver! Os olhos gritam para a liberdade, o desejo de ser feliz, a canção do amanhecer…

Indicam a luz no fim do túnel, a beleza do pôr-do-sol, refletem a magia de um primeiro olhar. Um coração que explode de prazer. E a vida acontece naquele exato instante! Pequenos gestos tão marcantes. Inesquecíveis…

Um grande amor, que vire a vida do avesso! Provoque mudanças positivas. Faça vir à tona reais intenções. Carícias na pele. Curtir as sensações indescritíveis. Encantamento. Momento de escolhas…

Não mais ceder, sacrificar, vegetar. Assumir a responsabilidade da própria vida. Ser e não ter… Vitórias. Oportunidades. Encarar transformações profundas. Para que a história faça sentido. Para que o amor domine toda a essência do ser. Para que haja paz e felicidade.

Mon Liu